BH teve quase 4 mil roubos de carros no primeiro semestre de 2017

Roubos de veículos contrariam tendência de redução expressiva de outros assaltos em BH no 1º semestre e seguem em patamar semelhante ao de 2016. Média é de um caso a cada 65 minutos.

  Belo Horizonte registrou no primeiro semestre queda expressiva no número de roubos, mas os ataques a carros tiveram recuo tímido e continuam a assustar moradores. Dados da Polícia Civil indicam que houve 3.972 ocorrências do tipo nos primeiros seis meses do ano – uma a cada 65 minutos, em média –, contra 4.066 no mesmo período de 2016. A redução, de apenas 2,31%, está distante da registrada nos roubos em geral, de 13,97%. Coordenador do Centro de Pesquisa em Segurança Pública da PUC Minas, Luis Flávio Sapori avalia que as ações de vigilância e repressão por parte da Polícia Militar e Guarda Municipal que contribuíram para a redução dos roubos em geral não tiveram efeito sobre os ataques a veículos. “Essas ações não afetam o roubo de carros, que depende de repressão mais qualificada, com investigação para identificar e desarticular as quadrilhas especializadas em roubo e receptação de veículos e peças automotivas”, afirma o especialista. Sapori ressalta que a modalidade envolve um grande mercado paralelo, com dinâmica própria e articulada. Ele cobra medidas específicas contra esse tipo de delito, de alto risco pa

Open chat